Seguidores

10 de out de 2009

NÃO QUERO APENAS SONHAR



Quero continuar sonhando ...

Enquanto existir a possibilidade de lhe ter em meus braços.

Sentir seus lábios nos meus, me aquecer com seu calor.

Estar no inverno e sentir o perfume das flores como na primavera.

Quero continuar sonhando ...

Enquanto meu olhar nascer e morrer no seu.

Sentir sua alma me beijar e seu coração por mim chamar.

Olhar as estrelas e em cada uma, sua presença notar.

Vou deixar de sonhar ...

Quando seu amor eu tiver e por ele me entregar.

Ouça ... Não quero apenas sonhar.

Não demore ...

5 comentários:

  1. Esse Poema é de uma sensibilidade tocante...e ao ler : "Não demore" ... não demorou um segundo para que meus olhos também vertessem sentimentos...e agora também já NÃO QUERO APENAS SONHAR... Um beijo demorado...(não a chegar...mas na intensidade...ris)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. De todos os poemas..."Não quero apenas sonhar"...simplesmente me fez viajar no tempo...é tocante!Parabéns Bruno!!!

    ResponderExcluir
  5. Uma verdadeira declaração de amor... sua sensibilidade é contagiante... Bjos!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.