Seguidores

9 de fev de 2012

PELE


" É na tua pele
Que nasce meu Poema.
Que a brisa fria se anuncia
Que a chuva fina arrepia.

É na tua pele
Onde te amo de verdade.
Onde me entrego sem enganos
Onde dispo meus segredos.

É na tua pele
Que provo teus desejos
Que respiro tuas loucuras
Que me doo por inteiro.

É na tua pele
Onde renasço
E me desfaço.
Onde te faço Mulher. "

=- Bruno de Paula -=