Seguidores

9 de dez de 2009



UM BREVE ADEUS


" Das feridas que carrego comigo
Apenas uma, sangra até hoje.
A de um destino imposto ...
Aquele dolorido olhar
De um breve adeus,
De um filho meu "
=- Bruno de Paula -=

Germano ...
Meu amado caçula.
" Meu Pequeno Grande Homem "
Pedaço de um sonho meu.

POR AÍ


" Quando quiser falar comigo
E não me encontrar ...
Pergunte aos ventos,
Eles saberão onde me achar "
=- Bruno de Paula -=