Seguidores

30 de out de 2012

RESPOSTA :


" Não me considero um poeta.
Apenas escrevo, o que minh'alma dita. "

=- Bruno de Paula -=

(...)



" (...) Desapego, amor próprio ...
Não conheço melhor companhia. "

=- Bruno de Paula -=

(...)



" (...) Vejo o tempo passando e,
eu te perdendo aos poucos ...
Um vazio doído, ocupando espaço. "

=- Bruno de Paula -=

27 de out de 2012

SOLIDÃO



" (...) A única coisa que resiste a tudo, é a solidão.
Os sentimentos acabam
As pegadas se apagam
O tempo passa
A dor abraça ...
A solidão agradece. "

=- Bruno de Paula -=

6 de out de 2012

(...)



" (...) Ainda há tanto de mim, dentro de ti ...
Que perder, já é coisa normal. "

=- Bruno de Paula -=