Seguidores

28 de nov de 2009

CONVITE


" Fita-me, com os olhos da tua Alma
Abraça-me, com a força dos teus anseios
Beija-me, com a intensidade dos teus desejos
Sinta-me, com a ternura e leveza de um beija-flor "

=- Bruno de Paula -=


COMO UMA BORBOLETA


" Lendo o teu sorriso,
Soltei minhas palavras ao vento
Como se fossem uma borboleta
Que voa sob o manto do luar
E o brilho das estrelas,
Beijando os mais belos jardins.
Trazendo nas asas,
A essência da tua Alma
O perfume do teu corpo
A doçura do teu olhar
O néctar dos teus lábios ... "
=- Bruno de Paula -=

NÃO ME SACIA


" Só o pensar,
Já não me sacia ...
O que tiver que acontecer,
Que aconteça agora.
Mata minha sede,
Entra na minha Vida
Assim como quero entrar na tua ...
Intenso e cheio de desejos "

=- Bruno de Paula -=

FORMAS E NORMAS


" Vagueio pela noite.
Abraço a Lua nua,
Em meio aos beijos
Dos enamorados.
Tudo chega a cada instante ...
Uma vida, um sonho, um pedido de amor.
Aqui tudo ocupa o teu lugar.
Perante meus olhos,
Futuros amores com destinos marcados
Desfilam indiferentes
Diante deste Poeta viajante.
Estendo meus braços
Abro as cortinas do tempo-espaço.
Meus pensamentos, vagos e frágeis
Correm ecoando caminhos intermináveis
Do amor, da paixão e da solidão.
Já "amanhece", fecho as cortinas,
Despeço-me da Lua amada.
Retorno ao meu tempo-espaço,
Com mais um aprendizado ...
Mudam-se as formas,
Nunca as normas ... "

=- Bruno de Paula -=