Seguidores

26 de jan de 2012

AGRADA-ME


" Agrada-me
perambular na plenitude
de um vazio,
de um nada qualquer.

Despojar pensamentos
na dissecação do vagamente.
Demolir o cepticismo,
tão somente.

Esculpir degraus em abismos,
sobreviver na escuridão.
Renascer nas primeiras horas,
de cada novo dia. "

=- Bruno de Paula -=

(...)


" Toda mudança,
nasce do auto questionamento.
Já o sucesso da mudança,
do autoconhecimento. "

=- Bruno de Paula -=

PESCADOR DE ALMA SOFRIDA



" Cabeça caída em braços sofridos.
Olhar e mãos vazias,
que se fundem às águas do rio.
Pescador de alma sofrida,
fé esquecida pelas margens da Vida.
Sem sonhos para pescar,
sem futuro para sonhar,
onde aportar ... ?
Resta-lhe a solidão,
que inunda como as cheias,
o que lhe resta do coração. "

=- Bruno de Paula -=