Seguidores

30 de abr de 2011

ONTEM


" Ontem ...
Quando tua pele me vestiu de desejos
Teu olhar, me cobriu de ternura
Tuas mãos, acarinharam meus sentimentos ...
Tive a certeza
De que aquela minha dor,
Que tanto te incomodava,
Não mais me pertencia.
E a ferida que latejava ...
Cicatrizara "


=- Bruno de Paula -=

27 de abr de 2011

ETERNA ESPERA



" Lentamente ...
O dia vai se vestindo de tarde de outono
E com ele, vou tecendo sentimentos
Abrigando saudades.

O sol, antes do último suspiro
Se entrega aos braços do horizonte
Carregando consigo
Teu longo manto dourado.

Sem forma
E sem destino
As nuvens se deixam levar,
Dando lugar ao doce beijo do luar.

Passam as horas ...
Já dormem as estrelas
E com a madrugada,
Chega a solidão.

Cravo os olhos no céu
E nele, busco teu rosto
Chamo por teu nome
Mais uma vez, não estás

Chega a luz ...
E não há noite que adormeça.
Fazendo deste meu querer
Minha eterna espera "



=- Bruno de Paula -=

26 de abr de 2011

ACREDITO ...



" Acredito que o amor
Seja um grande contador de histórias

Psicólogo das razões
Grande professor de ilusões

Encantador de corações
Tornando-nos ...

Frágeis marionetes
Em tuas mãos "


=- Bruno de Paula -=

24 de abr de 2011

FALTAM-NOS ...



" Faltam-me palavras
Faltam-te sonhos

Faltam-nos estradas
Faltam-nos calos "


=- Bruno de Paula -=

9 de abr de 2011

MEUS SILÊNCIOS ...


" Tenho silêncios,
Embrulhados em segredos.
Silêncios mudos,
Que se lêem em meus olhos.
Silêncios cúmplices,
Partilhados
Entre confidências e quimeras.
Mas os meus prediletos,
São aqueles que me provocam
Sorrisos na alma ... "


=- Bruno de Paula -=

DEIXAR-ME ...


" Vontade de me perder nesse teu olhar
E devagarinho ...
Deixar-me morrer em teus lábios "



=-Bruno de Paula -=

8 de abr de 2011

OUTONO


" Há algo que não consigo descrever
Quando meus olhos distantes dos teus ...
Tocam o mar de Outono
Sob um manto de estrelas "


=- Bruno de Paula -=


7 de abr de 2011

TAMANHO EXATO ...


" Minha felicidade ...
Tem o tamanho exato de teu sorriso
A temperatura do teu colo
O tocar de tuas mãos em meus cabelos
Teus olhos deitando sobre os meus.
A chuva fina, fechando nossa noite "


=- Bruno de Paula -=

5 de abr de 2011

QUERIA EU ...



" Queria eu ser uma folha.
Carregar n'alma,
o afago das quatro estações.

Ter o saber,
de se entregar sem medo
ao sabor do vento. "



=- Bruno de Paula -=

O PASSADO ...


" O passado é a sombra do presente
Caminhando lado a lado
Em silêncio ... "


=- Bruno de Paula -=

4 de abr de 2011

NO CAMINHO ...



" No caminho ...
Eu te falo os sonhos que iremos dividir "



=- Bruno de Paula -=

3 de abr de 2011

UM VÔO PLENO ...



" Sentimentos ...

Te buscam com olhos leves
Te gritam em silêncio.

Um vôo pleno
Num trapézio sem rede "



=- Bruno de Paula -=

1 de abr de 2011

EM TI ...




" É em ti ...
Que mora minha saudade "


=- Bruno de Paula -=