Seguidores

13 de mar de 2011

COMO UMA BRISA


" Com um chegar inocente
Beijo-te levemente.
Sou saudade,
Na pele de brisa quente.
Mal me sentes,
Descubro-te lentamente
Percorro o teu corpo
Respiro-te calmamente.
Tens-me,
Quando me sonhas.
Pertenço-te,
Na eternidade de cada momento.
Amo-te em silêncio ... "


=- Bruno de Paula -=