Seguidores

20 de dez de 2010

NÃO SEI ...


" Já não sei ...
Se sou eu
Ou a solidão,
Que respira aqui dentro "

=- Bruno de Paula -=

UM PEDAÇO DE SIMPLICIDADE



" Recordo-me
Quando o tempo curvou-se
Diante da simplicidade daquele olhar.
Ele, ali sentado
Junto ao pequeno pomar
Lambuzando-se do mel das mangas.
Que abraçadas aos galhos,
Em teu colo, pendiam.
E tuas mãos ...
Sem nada perguntar,
Jogavam as cascas
Aos passarinhos
Que por perto cantavam ... "


=- Bruno de Paula -=

MAR ABERTO ...



" Saudade ...
É mar aberto em meus olhos
Quando distantes dos teus "

=- Bruno de Paula -=