Seguidores

19 de ago de 2010

A DOR DE UM OLHAR ...


" Tento iludir meus sentimentos
Mas estou aqui ...
Diante de meus pensamentos
Teço minha madrugada
Com fios de solidão.
Faço-te mais uma vez
Poema da minha dor.
Dor que fala de amor, mar e luar.
Dor que nasceu do perfume desta saudade.
Saudade do teu olhar.
Saudade que te chama e chora
Nesta folha em branco.
As frias paredes, nada me falam.
Apenas absorvem em silêncio,
A dor de um olhar ... "

=- Bruno de Paula -=