Seguidores

26 de fev de 2011

SAUDADES DE NOSSA JANELA


" Sinto saudades
De nossa janela, quando crianças.
Lembro-me,
Que em noites de céu azul,
Chamavas-me para debruçar
Sobre o nosso pequenino horizonte.
Mostravas-me a lua;
As luzes da cidade;
Apontavas-me as estrelas.
Por horas, nossos olhos brilhavam ...

Dizias-me :
Veja, como o mundo é alegre ! "


=- Bruno de Paula -=