Seguidores

31 de mar de 2010

SUSSURROS ...


" Nos braços da noite
Ouço o sussurrar da lua e do mar.
Falam de você ...
Recitam alguns Poemas
Palavras em versos
Ditadas pela minha alma
E dedicados a você.
Rabiscos de um sentimento
Guardados em segredo,
Sob o travesseiro.
E que os leio em silêncio,
Quando a lua se esconde
O mar se cala ...
E a saudade me chama "
=- Bruno de Paula -=

SAUDADE III


" Esta noite
A saudade acordou-me.
Sozinha e com frio
Abraçou-me e adormeceu ... "
=- Bruno de Paula -=

30 de mar de 2010

SONHOS INCANDESCENTES


" Quando a noite vestiu-se de luz
Nasceram daquele silêncio
Sonhos jamais sonhados.
Momentos que me fizeram
Alma encandescente
Sol poente ... "
=- Bruno de Paula -=

29 de mar de 2010

UMA FLOR ... UM JARDIM.


" Em uma das mãos
Escondida em segredo,
Traz uma flor
Que colheste pra mim.

Dos meus olhos,
Minaram água.
Do meu sorriso,
Fiz terra molhada.

No tocar dos nossos lábios,
Caíram os espinhos.
E dessa flor,
Nasceu um jardim ... "
=- Bruno de Paula -=

VOO SOLITÁRIO


" Será ...
Um triste cantar do vento,
O balançar das folhas,
Sussurros das ondas do mar ?
No céu ...
A lua sem cor
Estrelas adormecidas.
Lá fora ...
Um choro sem lágrimas.
Uma borboleta na madrugada.
Um solitário bater de asas.
Sem destino
Sem sonhos
Sem luar "
=- Bruno de Paula -=

FALARAM DE VOCÊ ...


" Ontem ...
As estrelas me falaram de você.
Hoje ... A saudade "
=- Bruno de Paula -=

28 de mar de 2010

SONHOS ...


" Sonhos ...
Neles eu volto
Para buscar os momentos
Que ainda não vivi ... "
=- Bruno de Paula -=

27 de mar de 2010

NÃO TENHO SEDE


" Do meu passado não tenho sede.
Jamais
Quis ter a minha sombra
Encostada a uma parede ... "
=- Bruno de Paula -=

CAMINHANDO ...


" Vou caminhando ... caminhando
Sempre ao teu encontro ... "
=- Bruno de Paula -=

26 de mar de 2010

VENTOS DE OUTONO


" Lá fora ...
Um dolorido choro.
O vento de luto
Perfumado de outono,
Carrega as folhas secas,
Abandonadas por uma Estação.
Adotadas pelo sono eterno
Agora ...
Órfãs de sonhos ... "
=- Bruno de Paula -=

23 de mar de 2010

MEU AMOR POR VOCÊ ...


" Assim
É o meu amor por você ...
Um dia ensolarado
Tingido de azul "
=- Bruno de Paula -=

22 de mar de 2010

UM BEIJO ...


" Jardim
Flores
Cores
Perfumes

Olhares
Sorrisos
Desejos
Um beijo ... "
=- Bruno de Paula -=


19 de mar de 2010

AS QUATRO ESTAÇÕES


" Que a minha vida
Seja sempre
Como as Quatro Estações.
Já com o tempo esgotado
E logo após o último suspiro ...
Ela renasça
Com toda intensidade "
=- Bruno de Paula -=

17 de mar de 2010

SUTILEZAS DO ACASO


" O acaso ...
Com tuas sutilezas,
Nos ensina
Que o tempo pode parar
Que é hora de sonhar
E que nunca é tarde para amar ... "
=- Bruno de Paula -=

15 de mar de 2010


30.000
VISITAS
THANK'S !

ABUSO SEXUAL
DENUNCIE ... !

14 de mar de 2010

ENCONTREI EM VOCÊ


" Meus silêncios
Não serão mais mudos.
Encontrei em você
As palavras certas ... "
=- Bruno de Paula -=

13 de mar de 2010

AMANHÃ ...


" Amanhã ...
Tudo terá outra cor.
Nada restaurado,
Tudo novo.
Uma nova textura,
Outros sabores e valores.
Amanhã ...
O céu, será o meu chão.
As asas, os meus pés.
Amanhã ...
Não mais terá silêncio e passado.
O tempo não terá ponteiros.
Será o início de tudo que parou.
O meu amanhã ...
Terá jardim
Terá vida
Terá você ... ! "
=- Bruno de Paula -=

12 de mar de 2010

ESSE SILÊNCIO


" De todos os silêncios ...
O mais dolorido
É aquele que cultivamos dentro de nós "
=- Bruno de Paula -=

11 de mar de 2010

NO PALCO DA VIDA


" Jamais suba em um palco
Onde a plateia tenha apenas olhos
E não mãos ... "
=- Bruno de Paula -=

9 de mar de 2010

CERTOS MOMENTOS

" Existem certos momentos
Que não há necessidade de falar.
Apenas olhar ...
Sorrir ...
E sentir ... "
=- Bruno de Paula -=

JAMAIS ...


" Jamais ...
Seja escravo dos teus sentimentos "
=- Bruno de Paula -=

5 de mar de 2010

E MAIS UM DIA ...


" Te quero pra sempre e mais um dia ... "
=- Bruno de Paula -=

SORRISOS DE UMA VIDA


" Tenho guardado dentro de mim
Sorrisos de uma vida
Que o tempo não apagou ... "
=- Bruno de Paula -=

4 de mar de 2010

LÁGRIMAS ...


" Há lágrimas ...
Tão importantes quanto um sorriso ... "
=- Bruno de Paula -=

ETERNO COMEÇO


" Tão longe ...
Que com um olhar
consigo tocar-te.
Tão perto ...
Que sinto o teu perfume
Na minha própria pele.
Não há distância ...
Basta-me pensar em ti.
Há entre nós,
Um eterno começo
Que não conhece o fim ... "
=- Bruno de Paula -=

3 de mar de 2010

ÚLTIMO OUTONO


( ... )
" Algo me dizia
Que seria naquela tarde de outono.
O vento ...
Rolava as folhas secas pela calçada.
Nas árvores ...
Os pássaros cantavam,
Dando boas vindas ao luar.
Nas ruas ...
Um vai e vem, sem cessar.
Mas no quarto,
Daquele velho casarão ...
Luzes apagadas ... Paredes caladas.
Somente o passado e as lágrimas
Alí ... Se movimentavam "
=- Bruno de Paula -=

2 de mar de 2010

AUSÊNCIA


" Não é sempre
Que a ausência deixa saudades.
Às vezes ...
Ela deixa pedaços de vento,
Que atravessam os nossos silêncios "
=- Bruno de Paula -=

SEDE INSACIÁVEL


" Amar ...
É ter aquela sede insaciável de felicidade.
Infeliz daquele, que se contenta
Logo no primeiro gole ... "
=- Bruno de Paula -=

1 de mar de 2010

BRINCANDO ...


" Venha comigo
Me dê as tuas mãos.
Vamos um pouquinho lá fora
Dançar com a Chuva,
Voltar alguns anos atrás,
Brincar de ser criança.
Quando a noite despertar,
E o Céu nos sorrir ...
Brincaremos de passa anel
Com as Estrelas.
De roda com a Lua.
E quando o Sol acordar ...
Brincaremos de ser gente grande "
=- Bruno de Paula -=

EU POR EU ...


" Tenho o coração perto da boca
Escudos no estômago
Asas nas costas e nos pés.

Meu amor emite sons
Passeio entre encantos e ilusões
Navego no mar das paixões.

Pertenço as curvas do destino
Existo pela força do existir
Tenho os caminhos nas linhas das mãos.

Visto-me da pureza do linho
Sou inflexível com arestas macias
Fio que não engana.

Me alimento das palavras
Para não vender ilusão
Sou a pedra que tem o peso da brisa "
=- Bruno de Paula -=