Seguidores

31 de jan de 2010

JARDIM SOLIDÃO


" Pensamentos que morrem nos lábios.
Dia de palavras ausentes.
Olhar fixo no ontem.
Saudades do sonho não sonhado.
Feridas colhidas
No jardim solidão ... "
=- Bruno de Paula -=

UM DOS MEUS POEMAS - PUBLICADO NO JORNAL DA CIDADE online


APENAS PALAVRAS

" Palavras perdem o sentido
Quando não sentidas
Quando entregues ao tempo.

Meros momentos
Sonhos alados
Sorrisos e lágrimas.

Tatuadas na memória
Na pele, na alma
No que vivo no que imagino.

Não sou apenas palavras
Também sou silêncios
Mudos e por vezes calados.

Sou também dores
Às vezes escritas
Ou sentidas num olhar.

Sou o som das ondas do mar.
Sou o ritmo do meu pulsar.
Sou as mãos com que escrevo ... "
Bruno de Paula

Um dos sites do Jornal da Cidade Online :
http://www.jornaldacidadeonline.com.br/leitura_artigo.aspx?art=1729