Seguidores

16 de jul de 2011

MORRO À SEDE ...


" Pelas mansas águas da saudade
Sou barco à deriva
Por não saber partir

Sou mar
Sou horizonte
Ao teu encontro

Morro à sede ...
De um beijo seu
No silêncio de um olhar "


=- Bruno de Paula -=