Seguidores

28 de fev de 2010

DURMO ...


" Durmo ...
Abraçado com a saudade.
Com o desejo dos teus lábios.
Desperto ...
Procurando o teu olhar ... "
=- Bruno de Paula -=

MAIS UM ANIVERSÁRIO ... 73º

HOJE ...
A MULHER QUE TEM TODA A MINHA ADMIRAÇÃO
TODA A MINHA GRATIDÃO
TODO O MEU AMOR ...
ESTÁ COMPLETANDO "73 ANOS" !
PARABÉNS MEU AMOR !

PARABÉNS ... MAMÃE.

NÓS ...


" Quando nos encontramos
O amor renasceu.
Nossas vidas, agora respiram.
Minha alma, sorri para a tua.
Meus lábios tremem.
Minha boca, murmura na tua
Um Eu Te Amo ... "
=- Bruno de Paula -=


26 de fev de 2010

MESMO ASSIM ...


" Eu posso ser ...
O rosto que jamais esquecerás
Ou um simples traço de alegria e dor.
Teu tesouro
Ou o preço que tens de pagar.
Uma música romântica
Ou um rock pesado.
O frescor que o outono traz
Ou as longas chuvas de março.
Talvez ...
Centenas de coisas diferentes
No espaço de um dia.
Mesmo assim ...
Desejas me acompanhar ? "
=- Bruno de Paula -=

AO TEU LADO ...


" Sou
O mundo num segundo.
O rio que corre.
O céu que se abre ...

O que há tempos não sentia.
Amor, lágrimas e risos.
Meus sentimentos ...

Jardim nas quatro estações.
A liberdade do vento.
O perfume das rosas ...

O verbo amar.
O sabor do beijo roubado.
O desejo saciado ... "
=- Bruno de Paula -=

25 de fev de 2010

AMOR NÃO CORRESPONDIDO


"Amar ...
E não ser amado
É o mesmo que morrer de sede
Diante a imensidão do mar ... "
=- Bruno de Paula -=

24 de fev de 2010

COMO VENTO ...


" Sem me avisar
Você entrou em minha vida
De um jeito gostoso
Todo especial.
Como uma brisa ...
Que entra pela janela
Em noites quentes de verão "
=- Bruno de Paula -=

QUEIMAR ...


" Às vezes ...
Se faz necessário
queimar uma ou mais recordações "
=- Bruno de Paula -=

23 de fev de 2010

DANÇAR COM A VIDA


" Viver ...
É aprender a dançar com a vida ... "
=- Bruno de Paula -=

UM JARDIM ...


" Deixe que os teus sonhos criem raízes
Para que a tua vida
Seja sempre um jardim ... "
=- Bruno de Paula -=

ESTRELA AMIGA


" Quando a solidão
Me deixa em um canto qualquer
Do passado ...
Caminho até o céu
Em busca da estrela mais distante.
Uma amiga ... Que sempre soube me ouvir.
Teu silêncio, sussurra poesia
Ao meu coração.
Teus afagos, junto ao luar,
Acalmam minha alma.
Teus contos, me alegram.
Sento-me em uma das tuas pontas
E alí, meus sonhos, entrego à Morpheu.
Beijo-te minha amiga.
Obrigado por mais uma noite.
O presente já me chama.
Já é hora ... "
=- Bruno de Paula -=

22 de fev de 2010

UMA BREVE VISITA


" Naquela tarde
A chuva que caía
Docemente me chamava.
Em minha janela ...
Com pingos de saudades,
Ela foi desenhando o teu rosto.
Minhas mãos tentavam tocar-te.
Meus lábios tocavam suavemente o vidro
Na esperança de sentir o teu beijo.
Mas ...
A chuva foi se despedindo.
E com um sorriso,
Deixou-me uma flor
E te levou ... "
=- Bruno de Paula -=

18 de fev de 2010

VIDA SEM VIDA


" Há ...
Passos rumo ao nada
Círculo de dois lados
Verde violeta
Palavra esculpida
Silêncio raspado
Sorriso de verniz
Olhar polido
Partida sem chegada
Palavra que vai ao forno
Toque que se soletra
Olá com sabor de adeus
Vida sem vida.
Saudades do tempo ...
Que não volta mais.
Saudades do romantismo ...
E das rosas dos jardins.
Saudades das brincadeias de rua ...
E dos banhos de chuva.
Saudades de mim ...
Que não vive mais aqui "
=- Bruno de Paula -=

17 de fev de 2010

CAMINHEI ...


" Caminhei por tantas estradas
Que às vezes
Esquecia por onde havia passado.
O que me importava era caminhar
Eu precisava caminhar ...
O vento que batia em minhas costas
Estimulava-me a não parar.
A chuva que saciava a minha sede
Era a mesma que lavava
Os caminhos por onde havia de passar.
Nada mais me importava ...
Nem mesmo os caminhos por onde passava.
Hoje ...
O que me importa é você.
Que sempre soube interpretar todos os meus passos.
Você foi o vento e a chuva
Que sempre me acompanharam.
O sol ...
Que iluminava os meus caminhos.
O Luar ...
Que com o teu manto
Me aquecia nas noites frias ... "
=- Bruno de Paula -=

TEMPO QUE PARA


" Para o amor
Não existe pouco ou muito ...
Lá fora o tempo corre.
Aqui dentro ele para "
=- Bruno de Paula -=

16 de fev de 2010

SAUDADES DE TI


" E se um dia
Você tiver que levar algo de mim ...
Leve para bem longe
A saudade que terei de ti "
=- Bruno de Paula -=

PAUSE E REPLAY


" Cansei de te avisar ...
Leia o manual dos SENTIMENTOS, antes de manuseá-lo "
Lá está bem especificado :
- As teclas Pause e Replay, não funcionam neste produto.
- Não é de nossa responsabilidade o mau uso.
=- Bruno de Paula -=

APENAS


" Existe algo dentro de nós
Que não nos exige palavras.
Apenas um olhar ... "
=- Bruno de Paula -=

15 de fev de 2010

HOJE ...


" Imensos pedaços de solidão
Desprenderam-se de mim.
Não sou mais órfão dos meus dias.
A dor dissipou-se.
Minhas memórias, não mais me traem.
Hoje ...
Me aqueço na tua pele.
Me aconchego no nosso amor "
=- Bruno de Paula -=

COM A ALMA


" Te amo como nunca amei ninguém ...
- Como assim ?
Tão simples ...
Nunca havia amado com a Alma
Somente com o coração "
=- Bruno de Paula -=

14 de fev de 2010

EM TI


Dizem que nesta vida tudo passa ...
Menos os encantos dos momentos sinceros.
Que sorte a minha ...
Porque tudo em ti
É sincero "
=- Bruno de Paula -=

VENDAVAL


" Quantos vendavais aguentei firme ...
Tudo a minha volta
Anunciava uma grande tragédia.
Vinda em tons cinzas e pretos
Um intenso vendaval interno
Com o único propósito de arruinar-me.
Muitas vezes em desespero,
Não conseguia enxergar portas e janelas ...
Me via perdido dentro do meu próprio Eu,
Aguardando o final de mais um vendaval.
Quando o céu vestia-se novamente do azul,
Era o momento
De fazer o reconhecimento dos estragos
Tirar o pó da roupa e dos tênis
E mesmo que cambaleando
Arrumar a casa ... "
=- Bruno de Paula -=

CHAVE


" Entrego-te o que tenho de melhor ...
A chave dos meus sentimentos "
=- Bruno de Paula -=

12 de fev de 2010

SAUDADE


" Saudade ...
É abraçar o que não se pode sentir ...
Sentir quem não pode nos ver "
=- Bruno de Paula -=

11 de fev de 2010

UM AMOR ...


" Ora o desejamos
Ora o usamos
Ora o afastamos
Ora cuidamos
Ora o largamos ao acaso ...
Mas chega uma hora
Que ele cansa e morre "
=- Bruno de Paula -=

SENTIR - TE


" Sentir-te
Apenas em meus pensamentos
Não me são suficientes.
São retalhos de ternura
Que não me aquecem nas noites frias.
Preciso do calor dos teus beijos
Da maciez da tua pele ... "
=- Bruno de Paula -=

9 de fev de 2010

COMO ESTRELAS


" Não procuro as palavras
Quando elas se escondem.
Deixo-as no silêncio.
Inútil seria, tentar encontrá-las ...
Seria como procurar ao sol as estrelas.
Isso mesmo ... !
Tenho a impressão que se camuflam
De pequenas estrelas
Em mantos de nuvens no céu azul.
E que escondem-se
Para tecer segredos e treinar magias.
Imagino que durante o dia
Sejam tão humanas quanto eu ...
E à noite regressam ao céu
Para criar sonhos
E alimentar corações.
Imagino que elas
Tenham rostos ...
E que também choram "
=- Bruno de Paula -=

8 de fev de 2010

RESISTEM


" As imagens desfocam
A caneta falha
As cores desbotam
A voz emudece
O traçado se perde
O beijo não adoça.
Mesmo assim ...
Resistem os sentimentos "
=- Bruno de Paula -=

DIGA - ME


- Diga-me ...
- Desejas-me muito ?
Desejo-te demais ! ... Tendo-te de menos.
- Como é que isso funciona ?
É difícil explicar ...
Só não quero que nos habituemos
A termo-nos não tendo.
=- Bruno de Paula -=

SAUDADES II


" Sentimentos não se calam
Saudades moem, remoem e doem.
Mesmo que de longe
Quando a gente ama a gente cuida ...
Os momentos desfrutam-se
E os desejos alimenta-os.
Um dia a distância encurta.
Essa é a recompensa ... "
=- Bruno de Paula -=

7 de fev de 2010

QUERO II


" Quero que o nosso encontro
Seja tão simples e doce
Quanto as nossas palavras ...
Quero que o nosso Amor
Seja tão lindo e eterno
Quanto os nossos sonhos ... "
=- Bruno de Paula -=

6 de fev de 2010

SENTIR - ME


" Encontrei em você
Vários motivos de sentir-me bem
Na minha própria pele ... "
=- Bruno de Paula -=

4 de fev de 2010

SENTI - TE


" Senti-te chegar
Mas preferi só espiar ...
Vieste pé ante pé,
Quase sem tocar o chão,
Envolvendo-me suavemente
Sussurrando-me verdades frescas
Vindas do teu coração.
E com um doce sorriso
Levou-me para longe da solidão "
=- Bruno de Paula -=

VOCÊ PARA AMAR


" Hoje ...
Há muito mais para dizer ... Do que para pensar.
Há muito mais para sentir ... Do que para sonhar.
Há muito mais para Sorrir
Para ser feliz ...
Hoje eu tenho você para amar "
=- Bruno de Paula -=

1 de fev de 2010

MAIS PERTO DE TI


" Sinto-me mais perto de ti
Todas as vezes que me ouço ... "
=- Bruno de Paula -=

ATÉ ONTEM ...


... Até ontem
Apenas olhava e nada via.
Hoje ...
Olho e espero o momento que se aproxima.
" Às vezes conseguimos tocar o céu
Com os dedos da nossa mão ... "
=- Bruno de Paula -=