Seguidores

8 de nov de 2009

DUALIDADE

" Ah... Quem me dera!
Se mais de uma vida, eu tivera...
Passaria de uma vida para outra,
Como se troca de roupa "

=- Bruno de Paula -=

EM MINHAS MÃOS

" Não tenho o tempo em minhas mãos.
Apenas, o meu chão, que por vezes,
Tange, entre a razão e a emoção.

Não tenho o talvez, no coração.
Somente o sim e o não,
Amor ou ilusão.

Tenho medo das palavras.
Que jogadas ao vento,
Podem machucar.

Tenho medo de olhar pra trás
E não poder, mais voltar.
Perder a ponte entre nós.

... Só espero
Que o tempo não me faça
Ter a dúvida, em minhas mãos ..."

-=Bruno de Paula -=


DESEJO


Foi...
Desnudando tuas fantasias.
Mapeando teu corpo, com o meu corpo.
Provando teus mais ardentes desejos,
Que eu descobri, o que havia dentro de mim.
...Um insaciável desejo de Ti "

=- Bruno de Paula - =