Seguidores

14 de fev de 2012

NU DE MIM ...



" Dispo-me.
Pele
Sentimentos
Nu do meu eu, subsisto.

Distante de mim,
ausente de ti,
perco-me no ir e vir
de meus pensamentos.

Fincado no tempo.
Imóvel.
Apenas espreito horizontes
e movimentos.

Sou solidão que a lua ilumina.
Lugar onde o vento se aninha.
Sou rocha fria e nua,
que fere as ondas e afasta o mar. "

=- Bruno de Paula -=

(...)


" É fácil criar laços ...
Complicado mesmo é desatar os "nós".
=- Bruno de Paula -=

CICLOS


" Nunca gostei de fechar ciclos ...
O mundo dá voltas e mais voltas,
acertando ponteiros
aparando arestas. "

=- Bruno de Paula -=

POETA


" Todo Poeta,
não morre uma única vez.
Vai se morrendo ... "

=- Bruno de Paula -=