Seguidores

30 de out de 2010

BASTA ...


" Basta valorizar o que existe em nós ...
Para ver tudo acontecer "

=- Bruno de Paula -=

29 de out de 2010

VAI PASSAR ...


" ... Em tua face
Mãos passeavam com ternura.
Ele, com os olhos,
Lhe sussurrava :
- Deixe a chuva.
Ela vai passar ...
Já lavou o que tinha que lavar.
Agora ...
Deixe o brilho do sol,
Em teus olhos morar "

=- Bruno de Paula -=

28 de out de 2010


90.000
visitas

THANK'S !

27 de out de 2010

MAIS DISTANTE ...


" Quanto mais penso ...
Mais distante fico de mim.
São minutos formando muros,
Tecendo labirintos.
Procurando algo,
Que não se sabe onde achar "

=- Bruno de Paula -=

26 de out de 2010

TEUS OLHOS ... TEUS SILÊNCIOS


" Teus olhos ...
Falam-me de nós.
Teus silêncios ...
Me cobram as respostas "

=- Bruno de Paula -=

25 de out de 2010

TALVEZ ...



" Talvez ...
Um dia eu me acostume
Com essa solidão
Que é amar "

=- Bruno de Paula -=

24 de out de 2010

ENCANTO


" A beleza é tão grande !
Apenas as estrelas
A exceder o encanto da noite ... "
=- Bruno de Paula -=

23 de out de 2010

SEI QUE AQUI ESTÁS ...


" É aqui que nos encontramos.
Entre os silêncios,
Dos minutos e os de minh'alma.
Saudades de ti, meu irmão.
Tua ausência
Dentro de mim,
Faz chover gotas salgadas.
Partiste cedo demais rapaz ...
Nossa lealdade
Nossa cumplicidade
Nossos laços,
O destino desfez.
Mas é aqui que nos encontramos ...
Sei que aqui estás.
Ainda que o teu lugar,
Neste "banco",
Pareça vazio ...
Basta olhá-lo de olhos fechados,
Para sentir
Que ao meu lado
Estás ... "

=- Bruno de Paula -=


Dedicado ao meu Eterno Irmão
Edilson C. de Paula Campos
05/08/64 - 19/06/2001

22 de out de 2010

PÔR DO SOL



" Há um infinito silêncio
Nesta imensidão que me abraça.
Estreita e arde ...
Nasce e passa "

=- Bruno de Paula -=

21 de out de 2010

O SILÊNCIO E EU ...


" Hoje,
Nada quero escrever.
Irei dedicar-me aos silêncios.
Meus silêncios.
Há tempos, não os ouço.
Preciso tocá-los
Senti-los
Afagá-los.
Ficarmos a sós,
Deitados sobre as horas.
Num lugar,
Onde nem o vento
Consiga nos escutar ... "

=- Bruno de Paula -=

19 de out de 2010

NÃO É SOLIDÃO ...


" Não é solidão
Que carrego em meu olhar.
Carrego uma saudade gostosa.
Tão gostosa, que chega a doer "

=- Bruno de Paula -=

QUANDO O DIA ADORMECER ...


" Quando o dia adormecer
E em teus olhos
Brilharem as estrelas ...
Estenda teu corpo sobre o meu.
Rasgue esta solidão noturna,
Que me envolve.
Deixa-me colher teus desejos.
Provar com meus lábios,
A madrugada úmida em teu corpo "

=- Bruno de Paula -=

17 de out de 2010

FEITO UM ANJO



" Lindo é passear pelo teu sorriso
Sinto-me com asas ...
Feito um Anjo,
Brincando num céu azul "
=- Bruno de Paula -=

AO TEU ENCONTRO ...


" No murmurar dos ventos
Ouvirei a tua Poesia.
No longo abraço da saudade
Partirei ao teu encontro ... "

=- Bruno de Paula -=

15 de out de 2010

GOSTO ...



" Gosto desta solidão ...
Muito me agrada ficar só,
Com tudo aquilo que amo "

=- Bruno de Paula -=

TEU OLHAR


" Basta teu olhar cair sobre o meu
Para que esta saudade
Parta leve como o cheiro da chuva.
Para que eu renasça
Nos versos soltos de teus lábios ... "

=- Bruno de Paula -=

13 de out de 2010

SOU ...


" Diante da inquietude e do lirismo ...
Sou canoa
Deslizando sobre o silêncio do rio.
Sou pensamento roçando o passado,
Libertando o tempo "

=- Bruno de Paula -=

12 de out de 2010

EM TEU OLHAR ...


" Em teu olhar ...
Desato meu passado
Desenho cores
Alço voos
Retomo sonhos
Colho pétalas como afagos "

=- Bruno de Paula -=

DIA DAS CRIANÇAS



" Criança ...
É vida colorindo sonhos
Jardim florindo risos
Lindos canteiros de esperanças "

=- Bruno de Paula -=

ABRIR JANELAS ...


" A vida ensinou-me
A abrir janelas em ruínas de pedras
Respirar a céu aberto
Enxergar no cinza rústico
O mais tênue azul ... "

=- Bruno de Paula -=

11 de out de 2010

PROCURO ...


" Permanece ainda em meus olhos
Esta ternura frágil
Ainda remanescente
Daquele inesperado abraço de nossas almas.
Procuro ...
Nas pontas de meus dedos
E no colo desta noite
Diminuir a distância entre nós "

=- Bruno de Paula -=

9 de out de 2010

09/OUT - 1º ANO DE BLOG !



Obrigado ...

Pelo carinho
Pelo companheirismo
No decorrer deste 1º Ano de Blog

36 Países

298 Amigos Seguidores

86.391 Abraços recebidos

8 de out de 2010

JAMAIS ...


" Sinta-me em minhas palavras
Prova-me com teu olhar.
Mas jamais atrevas espreitar minh'alma ... "
=- Bruno de Paula -=

7 de out de 2010

ESTRELAS CADENTES


" O luar que cai lá fora
Vai tingindo com delicadeza
As asas das borboletas.

Voos reluzentes
Estrelas cadentes ...
Que caem em meu jardim "

=- Bruno de Paula -=

SAUDADE ...


" Saudade ...
É o olhar se debruçando no passado.
É o abraço tênue do silêncio.
Saudade é ausência.
E ausência meu amor ...
É amar-te "
=- Bruno de Paula -=

6 de out de 2010

NESTE SILÊNCIO ...



" Neste silêncio
Entreaberto de nossos lábios
Moram desejos ...
Que atravessam palavras "

=- Bruno de Paula -=

5 de out de 2010

CALAR ESTA SOLIDÃO



" Quisera eu ...
Vendar os olhos desta saudade
Tirar-te de meus silêncios
Calar esta solidão,
Que pulsa dentro de mim "

=- Bruno de Paula -=

1 de out de 2010

AMOR & DECEPÇÃO


" Os amores me fizeram sonhar.
Já as decepções,
Me fizeram crescer ... "

=- Bruno de Paula -=

O TEMPO E EU


" Desperta a madrugada.
O sol dorme, os jardins,
O mar, os rios, as pedras.

Tu também dormes.
Até mesmo os sonhos dormem,
Nos braços de Morpheu.

Eu, deitado na cama,
Olhando o infinito branco do teto,
Janela dos meus pensamentos.

Inquieto ... consumo o tempo
Desta madrugada muda.
É cedo ... Muito cedo ainda.

Mas sempre tão tarde.
Os segundos dentro do minuto,
Os minutos dentro de cada hora.

Fazendo do tempo que corre
Maior a distância
Uma saudade infinita "

=- Bruno de Paula -=