Seguidores

31 de dez de 2010

29 de dez de 2010

MEU 2º BLOG - ARTE & POESIA

CONVITE



Resolvi criar o 2º Blog
Para agradecer e divulgar os belíssimos trabalhos
De grandes Designer's.
Neste Blog serão postados
Meus Poemas em forma de Cartões.

Sejam Bem Vindos !


=- Bruno de Paula -=

26 de dez de 2010

MEIO ASSIM ...


" Hoje eu acordei meio assim ...
Amor ?
Ou liberdade ?

=- Bruno de Paula -=

SANTA LOUCURA


" Deixa-me com minhas loucuras.
Meus loucos silêncios;
Meus loucos desejos;
Meus loucos anjos.

Pois são nas minhas loucuras
que renasço todos os dias.
Pois minha lucidez
não me leva a lugar algum.

Me faz cerca,
em solo fértil ...
Um mero espectador de sonhos,
me matando aos poucos. "

=- Bruno de Paula -=

25 de dez de 2010

É ONDE ME PERTENCES


" Gosto quando me chegas assim ...
Em meus silêncios
Em meus pensamentos.
É onde me pertences "


=- Bruno de Paula -=

24 de dez de 2010

TEU POEMA INACABADO ...


" Dentro de meus silêncios
E de minhas mãos,
Fria e nua ...
Caminha a madrugada.
Procuro nas rimas
Vestes para o teu Poema.
Confesso à solidão,
O teu nome
Os teus olhos
O teu perfume.
Sentimentos pairam sobre a folha.
Palavras se aninham,
Em meus lábios.
Fecho meus olhos
No desejo de teu beijo.
Amanhece ...
Adormeço com a saudade.
Em meu colo
Teu Poema inacabado "


=- Bruno de Paula -=

NÃO PEDEM


" Corações não pedem palavras ... "


=- Bruno de Paula -=

22 de dez de 2010

NÃO É ?


" Fala-me ...
E os corações ?
- Ainda não me encontrei.
Meu ego é imenso
E meus sonhos intensos.
Ando vazia de histórias.
Mas pronta a fazer parte de outras.
Assim é a vida.
Não é ? "


=- Bruno de Paula -=

DOBRAM OS SINOS



" Dobram os sinos ...

Nas avenidas, nas praças,
Nas vilas, nos campos
Nas almas, nos olhares
Despertando o Espírito de Natal.

Dobram os sinos ...

Vestindo Dezembro
De verde e de vermelho
Esperança e compaixão
Mês de reflexão.


Dobram os sinos ...

Iluminando as noites
Desenhando sonhos
Ressuscitando sentimentos
Em mesas fartas e vazias.

Dobram os sinos ...

Lembrando-nos
Que é preciso perdoar
Que a amizade
É o melhor presente.

Dobram os sinos ...

Nas estrelas
No infinito do céu
Gritando ao mundo ...
Que hoje é Natal ! "


=- Bruno de Paula -=

21 de dez de 2010

M_ETAMORFOS_E


" Há momentos em que a vida
Nos dá a oportunidade de modificá-la.
Mexer nas estruturas ...
Fazer as reformas internas e externas.
Nos ensina que para qualquer reforma
Os minutos são longos,
E os anos são breves.
Ela nos mostra que o novo e o velho
São texturas que frequentemente
Se sobrepõem ... "


=- Bruno de Paula -=

ESTA SAUDADE ...


" Esta saudade que não quer me machucar
Desfia o passado ...
Como quem tece a eternidade "

=- Bruno de Paula -=

20 de dez de 2010

NÃO SEI ...


" Já não sei ...
Se sou eu
Ou a solidão,
Que respira aqui dentro "

=- Bruno de Paula -=

UM PEDAÇO DE SIMPLICIDADE



" Recordo-me
Quando o tempo curvou-se
Diante da simplicidade daquele olhar.
Ele, ali sentado
Junto ao pequeno pomar
Lambuzando-se do mel das mangas.
Que abraçadas aos galhos,
Em teu colo, pendiam.
E tuas mãos ...
Sem nada perguntar,
Jogavam as cascas
Aos passarinhos
Que por perto cantavam ... "


=- Bruno de Paula -=

MAR ABERTO ...



" Saudade ...
É mar aberto em meus olhos
Quando distantes dos teus "

=- Bruno de Paula -=

19 de dez de 2010

NOITE ENAMORADA


" Nasce em meus olhos
Cintilante abismo cravado de estrelas.

Canteiro de Poemas
Morada de sonhos sem donos.

Cala-me a voz
Desata meus sentimentos.

Grita em meu peito
Esse teu silêncio absoluto.

Solidão azulada ...
Ladeada de olhares apaixonados "

=- Bruno de Paula -=

FELICIDADE ...


" Felicidade são pequenos pedaços de ventos
Que nunca nos chegam como eternos.
Muitas vezes ...
Chegam com a quietude do pôr-do-sol.
Ao qual temos que estar atentos
Para desfrutar o efêmero
Em sua plenitude ... "


=- Bruno de Paula -=

9 de dez de 2010

CAMINHO ...


" Caminho pelas tardes de teus sorrisos
Pelas calçadas do tempo ...
Para que a sombra desta saudade
Não morra sem mim "

=- Bruno de Paula -=