Seguidores

15 de fev de 2012

THANKS !


170.000
acessos ...
THANKS !

CARREGO


" Carrego no bolso um punhado de esperança.
E dentro das manhãs que me despertam ...
Uma fé, que não cabe em mim. "
=- Bruno de Paula -=

E EU ...


" Esta saudade me fazendo solidão.
Lá fora, ventos aflitos
varrendo as folhas, varrendo as horas.
Aqui dentro,
o tempo parado cheirando a passado.
No papel já amarelado ...
Palavras desbotadas,
sentimentos calados.
Sobre a cômoda, 
uma moldura sem retrato.
E eu,
sentado sobre minha sombra,
distante de mim.
Abismo sem fim. "
=- Bruno de Paula -=