Seguidores

18 de fev de 2012

(...)


" Quando a alma é cega ...
A brisa que sopra,
é tempestade. "

=- Bruno de Paula -=

(...)


" Inventava uma mentira qualquer
para não entregar o coração à solidão.
Achava que estar junto,
era ser feliz ... "

=- Bruno de Paula -=