Seguidores

11 de dez de 2011

TUDO ...


" Tudo que sentimos,
tudo ...
Eterniza-se dentro de nós.
Por vezes,
nos toca como uma leve brisa.
Outras,
como um eterno silêncio. "


=- Bruno de Paula -=

QUANTAS VEZES ...


" Quantas vezes te abracei num sorriso ...
Nunca percebeste ? "


=- Bruno de Paula -=