Seguidores

11 de fev de 2012

HÁ TARDES


" Há tardes dentro do outono,
que me apetece,
não parar o tempo ...
Apenas,
deixá-las seguir
em passos bem lentos. "

=- Bruno de Paula -=

QUANDO NOS LÍAMOS


" Saudades de quando nos líamos devagar ...
Dos lábios que se tocavam e,
nada falavam.
Dos olhares, que nas noites,
desnudavam segredos.
Das mãos, que até ao amanhecer,
guardavam sonhos e,
colhiam flores. "

=- Bruno de Paula -=

GUARDO ...


" Guardo-te como um beijo
adormecido na pele doce.

Guardo os desejos
que na terna luz vi passar.

Guardo sentimentos
que um dia se esbarraram
na penumbra de um olhar. "

=- Bruno de Paula -=

CHAMAS DA PAIXÃO


" Toda paixão queima como o carvão.
Primeiro,
exibe suas chamas.
Com o tempo,
arde como a brasa.
Depois de tudo isso,
vem o vento e, 
carrega as cinzas. "

=- Bruno de Paula -=