Seguidores

11 de out de 2010

PROCURO ...


" Permanece ainda em meus olhos
Esta ternura frágil
Ainda remanescente
Daquele inesperado abraço de nossas almas.
Procuro ...
Nas pontas de meus dedos
E no colo desta noite
Diminuir a distância entre nós "

=- Bruno de Paula -=

Um comentário:

  1. Querido amigo, quando almas se abraçam nada mais as separa. Lindo...Beijocas

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.