Seguidores

9 de fev de 2010

COMO ESTRELAS


" Não procuro as palavras
Quando elas se escondem.
Deixo-as no silêncio.
Inútil seria, tentar encontrá-las ...
Seria como procurar ao sol as estrelas.
Isso mesmo ... !
Tenho a impressão que se camuflam
De pequenas estrelas
Em mantos de nuvens no céu azul.
E que escondem-se
Para tecer segredos e treinar magias.
Imagino que durante o dia
Sejam tão humanas quanto eu ...
E à noite regressam ao céu
Para criar sonhos
E alimentar corações.
Imagino que elas
Tenham rostos ...
E que também choram "
=- Bruno de Paula -=

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.