Seguidores

9 de fev de 2012

PELE


" É na tua pele
Que nasce meu Poema.
Que a brisa fria se anuncia
Que a chuva fina arrepia.

É na tua pele
Onde te amo de verdade.
Onde me entrego sem enganos
Onde dispo meus segredos.

É na tua pele
Que provo teus desejos
Que respiro tuas loucuras
Que me doo por inteiro.

É na tua pele
Onde renasço
E me desfaço.
Onde te faço Mulher. "

=- Bruno de Paula -=

3 comentários:

  1. Lindíssimooooooooooooo.....ameiiiiiiiiii....bjks da sempre amiga Thê.

    ResponderExcluir
  2. Então tenho muito gosto de ser o 802.Adoro
    poesia e tenho um blogue onde insiro bastante.
    A m/página no Facebook é Marques Irene.
    Voltarei sempre que possa.
    Um abraço
    Irene

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso poema... Este fogo, o desejo; esta fonte, o sentimento. Sua voz em minha vida, seus passos em meus sonhos. Meu mundo tão seu, nm universo de cores que ilumina meu ser, povoa nossos segredos... Assim, me define... me faz Mulher!
    Um grande abraço!
    Bruno, estou muito feliz com o sucesso do seu blog... Parabéns!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.