Seguidores

24 de out de 2011

TEU VÍCIO


" Fazes dos dias e das noites,
reflexos de tuas loucuras.
Tomas como certo o destino,
a desilusão que respiras.
Andas pelas ruas do passado,
nos botecos da saudade.
Procuras na garrafa mais próxima,
a companhia do amor perdido.
Bebes todos os teus medos,
despejas nas noites, tua agonia.
Choras a madrugada que acaba,
secando as lágrimas,
na manhã que te escoras.
Voltas ao vazio de tua cama,
na ressaca do teu Eu.
Beijas teu travesseiro,
companheiro fiel de tua solidão. "


=- Bruno de Paula -=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.