Seguidores

9 de abr de 2012

RENASÇO



" Levanto minha cabeça
Resgato minha vida,
antes que a luz se apague
e a escuridão me consuma.

Não mais lamento,
a suposta dor de uma ferida
já curada, cicatrizada e,
não percebida.

Não mais fecho as janelas
do tempo e da vida.
Não mais tranco as portas,
com medo do passado voltar.

Contornei minhas perdas
Aceitei minhas derrotas
Encontrei novos caminhos,
recheados de carinho.

Nada que vive, vive só.
Reabro meu coração
Liberto minh'alma.

Hoje, sou vento.
Amanhã, serei pó.

=- Bruno de Paula -=


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.