Seguidores

23 de jan de 2012

LÁGRIMAS ORVALHADAS



" A noite já nua
chora a despedida
das estrelas e da lua.

Lágrimas orvalhadas,
se desprendem do céu,
despertando a manhã perfumada. "

=- Bruno de Paula -=

2 comentários:

  1. Uma despedida
    É sempre triste...
    Mas uma chegada...
    É sempre contagiante.

    Lindos e emocionantes os teus versos.


    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia poeta, lindo poema e bela musica, bjs!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.