Seguidores

22 de nov de 2011

AUSÊNCIA



" Aprendi a amar-te,
na doce pele de tua ausência.
Pensamentos doloridos ...
Desejo do beijo, não provado;
Do sonho, não vivido;
Do olhar, não refletido;
Do toque, não sentido.
Inquietos sentimentos,
que por ti não se calam.
Tanto a te dizer,
a te aquecer ...
Sem a tua presença
meus dias
não passam de um mero esboço,
a espera de teu colorir.
Mesmo assim,
vou rabiscando estrelas;
tecendo sonhos;
desenhando horizontes.
Mesmo sem compreender,
essa paixão se fortalece
nos braços da saudade e,
na dor da solidão. "


=- Bruno de Paula -=

4 comentários:

  1. "Não me deixe ir. Posso nunca mais voltar."

    (Clarice Lispector)

    ResponderExcluir
  2. "Me mostre que por você vale a pena lutar."

    (Caio Fernando de Abreu)

    ResponderExcluir
  3. A VIDA AINDA PULSA

    Fiquei muito feliz
    Com a sua presença...
    Vê se não some outra Vez
    Nem tudo foi falado,
    Nem tudo foi esclarecido
    Existe ainda uma pendência
    Você tem um pouco de mim
    Eu tenho tudo de você
    Precisamos resolver
    Como iremos ficar
    Não podemos viver assim
    Com dois corações
    Precisamos do mesmo órgão
    Para que a vida continue pulsando

    Sol pereira

    Bom dia!

    ResponderExcluir
  4. é realmente...
    o hoje e o amanhã
    certamente
    me encantará
    não tem como não encantar...

    Um beijo!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.