Seguidores

14 de nov de 2011

ANOITECE SAUDADES


" É nesta terna penumbra ...
Silêncio de rara beleza,
espaço findo e eterno
que se aconchega
o adeus do crepúsculo
e o despertar do luar.
Aqui nossas almas se reconhecem,
se procuram.
Momento mágico e único,
em que nossos pensamentos se cruzam.
Nossos sentimentos se tocam.
Nossos lábios se beijam.
É entre a magia do começo
e o fim deste instante,
que os nossos sonhos renascem.
Nossos corpos se abraçam,
anoitece saudades ... "


=- Bruno de Paula -=

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.