Seguidores

30 de jun de 2011

NO CALOR DE NOSSOS CORPOS



" Os dias traziam o inverno
As flores morriam lá fora;
O vento corria pelas calçadas
Cantando solidão e saudade.
No calor de nossos corpos
Resistia um amor
Que aquecia a paisagem adormecida
Que víamos de nossa janela ... "


=- Bruno de Paula -=

Um comentário:

  1. Amei...
    O silêncio que absorve o meu dia e rouba a minha alma ... amor tão desejado jamais vivido. Todas as indagações jamais serão resolvidas ou esquecidas... ...encontrar possíveis certezas na imensa escuridão da minha saudade...
    Mil beijos!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.