Seguidores

3 de mar de 2011

DESENHANDO SAUDADES ...



" Delicadamente,
a chuva fina vai tocando o telhado.
Desenhando saudades, em minha janela.
Fazendo com que meu olhar
caminhe lentamente,
pelas esquinas de um passado.
Despertando ...
A dor de uma solidão
A voz de um coração "

=- Bruno de Paula -=

3 comentários:

  1. Poetão feioso (risos), mais talentoso, esse teu espaço está muito lindo, viu!
    Vc é um sucesso meu garoto!
    Abraços pra sempre Brunão!
    Antônio Poeta

    ResponderExcluir
  2. Bruno,
    Adoro poesia, cheguei aqui através do orkut de um amigo,onde sempre leio seus lindos poemas.
    Saudade é um dos sentimentos que mais machuca, e basta um pequeno detalhe para voltarmos no tempo e revivermos sentimentos que julgavamos adormecidos.

    bjs
    Marilac

    ResponderExcluir
  3. Teu espaço se torna a cada dia mais gostoso e convidativo...É bom vir visitar-te e encontrar tanta beleza, tanto sentimento, tanto encantamento...Parabéns, poeta.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.