Seguidores

22 de set de 2010

POR UM DESCUIDO ...


" Saudades do que passamos
Das longas horas,
Que deixavam os ponteiros lá atrás.
Dos sonhos não tão altos,
Mas quando tentávamos tocá-los
Eles fugiam sempre ao amanhecer.
Das meias porções nos barzinhos
Da música ao vivo
Do beijo esperado e demorado
Das ressacas de tanta felicidade.
Dos dias difíceis ...
Do tilintar das moedas.
Saudades daquela estrada,
Onde colhíamos baldes de flores.
E que por um descuido
Nos perdemos "

=- Bruno de Paula -=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.