Seguidores

16 de ago de 2010

CONFIDENTES ...


" Saudades das noites de pés descalços
Do céu aberto
Da brisa, que carregava meus silenciosos pensamentos.
Do azul que se fazia eterno,
Tecendo saudades em minh'alma.
Da lua confidente, até ao amanhecer.
Saudades ...
Do jeito que te guardava dentro de mim "

=- Bruno de Paula -=

2 comentários:

  1. Oi Poeta...qt saudosismo!!!!!

    Que linda poesia....!!!!

    Linda semana!!!!!

    bjos com carinho!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelos seus lindos poemas,
    O que você tem na verdade não é criatividade em escrever textos interessantes,e sim um ''DOM'' de fazer lindos poemas para pessoas como eu se indentificar...
    Um enorme abraço.

    Ruana S.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.