Seguidores

8 de jan de 2010

O POETAR DOS CORPOS


" Palavras que acariciam
Sussurradas no silêncio
Despertando todos os desejos.
O Beijo ... Devora e afaga,
A pele arrepiada e sedenta
De rimas sentidas
No poetar dos corpos
Que se tocam em palavras,
Em gestos semi mudos
Cúmplices em segredo
Desta paixão ... "
=- Bruno de Paula -=



2 comentários:

  1. EM CADA PALAVRA ME FAZ SUA ETERNA ...???
    NUNCA IREI ENTENDER DESCOBRIR ...
    MAS SEI QUE SEREI ETERNA FÃN DAS SUAS PALAVRAS...
    QUE PARA OS POETAS É QUASE QUE UM DOCUMENTO DA ALMA...
    BEIJOS ETERNOS

    ResponderExcluir
  2. Estou amando ler seus poemas... a magia de cada verso... dá um enorme prazer... um universo sensível a descobrir... Bjos!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.