Seguidores

5 de jan de 2010

APENAS PALAVRAS


" Palavras perdem o sentido
Quando não sentidas
Quando entregues ao tempo.

Meros momentos
Sonhos alados
Sorrisos e lágrimas.

Tatuadas na memória
Na pele, na alma
No que vivo, no que imagino.

Não sou apenas palavras
Também sou silêncios
Mudos e por vezes calados.

Sou também dores
Às vezes escritas
Ou sentidas num olhar.

Sou o som das ondas do mar.
Sou o rítmo do meu pulsar.
Sou as mãos com que escrevo ... "
=- Bruno de Paula -=

3 comentários:

  1. Lindo esse teu escrito, muito. Momentos, sonhos,sorrisos...tudo tatuados na memória, na pele, na alma.
    Perfeição aos meus olhos: essa tua lida com as palavras.

    ResponderExcluir
  2. Não tem o que comentar...

    Adoro "TE LER"

    "APENAS PALAVRAS" ??

    APENAS VOCÊ!!

    É TUDO !!

    ResponderExcluir
  3. Palavras que contagiam... numa sucessão de trocas, de diálogos, carinhos... tocam corações... despertam sentimentos adormecidos... Bjos!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.