Seguidores

21 de nov de 2009

REAL PRESENÇA


Sutilmente,
Teus sedentos desejos
me acordaram,
Quando em meus sonhos
Saciava-me dos meus,
Na tua doce pele.
Brisa mensageira do prazer,
Trouxe-me teu perfume,
Aguçando meus profanos desejos.
Porém ...
Dos sonhos inacabados,
Tua surreal presença privou-me.
Deixando mais uma vez,
Uma louca vontade
Da tua real presença,
Ainda ausente ...
Em minha cama "
=- Bruno de Paula -=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.