Seguidores

2 de nov de 2009

PERFUME DE MULHER

" Por onde passa, deixa teu rastro.
Caminhar que seduz, perfume inebriante.
Aroma de amor e desejos proibidos.
O inatingível ... Sensível ao querer.
Com meus olhos, desnudo tua presença,
Na esperança de contemplar teu olhar.
Perfume que me inspira a poetizar.
Infelizmente, sem nada poder fazer,
A mesma brisa que te trouxe
Entre tantos outros perfumes,
Sentindo-se dona de Ti,
Delicadamente vem te buscar.
Minha Alma chora ... Sentirei saudades ... "

=- Bruno de Paula -=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.