Seguidores

10 de nov de 2009

LUZ QUE ME ILUMINA


" Teu brilho, que de tão longe vem,
Ilumina meu ser, meu querer.
Tua essência, que guarda um lindo anjo,
Faz-me, transpirar serenidade .
Tua luz, que cega minha escuridão,
Liberta-me, das correntes da solidão...
Abrindo as janelas dessa paixão.
...Corações, não se esbarram por acaso.
Hoje...
Não consigo sobreviver, sem você.
Teu amor, se fez sonho...
Um sonho lindo, de se viver "

= - Bruno de Paula -=

Este poema, dedico a você, meu Anjo.
(Kassynha)
Te beijo

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Feliz é “A LUZ QUE ILUMINA”, pois traz “clareza” num mundo de dúvidas e escuridão...Seu brilho intenso sobressai , pois vem do Pai das Luzes, Deus e da Luz que veio ao mundo: Jesus !!! Mas também tem brilho próprio...e por isso é merecedora da melhor poesia...o AMOR. Cabe a nós mortais...Esperança...Enquanto não encontro a Luz... vivo apenas de “Reflexo”, pois tua poesia é "A LUZ QUE ME ILUMINA".

    Um apagão é suficiente, para sabermos que sem Luz...já não vivemos...

    Bjus de Luz...aquela que quer emanar do meu nome... Luciana = Luz, iluminação.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.