Seguidores

18 de out de 2009

ASSIM...

" Te Amo por quem és.
Sem poréns.
Nem talvez.
... Te Amo
No incondicional,
Sem porquês ... "

(Bruno de Paula)

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lindíssimo o teu blog.Merece os selos recebidos! parabéns!

    ResponderExcluir
  3. "Assim " você consegue atingir o âmago de um ser e expressar de forma única o maior desejo humano: o amor...Eu também quero um amor assim :
    não convencional...incondicional...Visceral( só para te provocar..ris),só não me pergunte o Porquê... Bjus "Assim"...todo sentimento!!!

    ResponderExcluir
  4. ...talvez esta seja a verdadeira forma de amar poeta... aquela que não busca estereótipos nem razões convencionais.. ama-se pela essência... pelo simples e puro prazer de amar... beijinhos

    P.S. amei a trilha sonora... rsrs...

    ResponderExcluir
  5. Eu amei quando vc fez a dedicátoria desse blog aos seus filhos e descreveu eles como o seu UNIVERSO. Achei lindo demais!!

    Esse é o amor incondicional.
    Que ama pelo o que és,
    sem poréns,
    sem talvez, sem porquês... Simplesmente ama.

    "Vc desperta amor, com o seu jeito de amar."

    Te beijo anjinho.

    ResponderExcluir
  6. Bruno, seus poemas me fizeram viajar a lugares fantásticos, me fizeram sentir o mar azul, entender a dor da saudade, degustar o breu da solidão, apreciar a turbulência da vida...
    Me fizeram saborear o beijo da brisa, entender frescor de um toque, apreciar o calor do abraço, permitir o colorido do arco íris, compreender o silenciar de uma lágrima...
    Me fizeram acreditar que solidão, decepção fazem parte da nossa história de viver...
    Me fizeram entender que existem jardins floridos na alma de todo aquele que semeia amor, esperança e bondade...
    Me fizeram ter a certeza que a alma do outro pode ser um universo escuro, sombrio, misterioso, maravilhoso, por vezes perigoso...
    Que poemas podem ser um grande e maravilhoso universo, ou simplesmente palavras... que o transformador deste universo deve ser o leitor... sempre há muito a descobrir nas entrelinhas...
    O hoje me encanta e será sempre o meu refúgio...
    Mil beijos!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.